Campos do Jordão/ SP

Conhecida como a Suíça Brasileira pelo seu clima inigualável, Campos do Jordão localiza-se a 1.700 metros de altitude e é dividida em três principais núcleos: Vila Abernéssia (centro comercial e administrativo da Estância), Vila Jaguaribe (uma parte turística e outra residencial) e Vila Capivari (vila turística).

Nos hospedamos no hotel Castelo de Campos do Jordão pelo Groupon, pagando R$ 358,98 por duas diárias. O hotel está localizado no Alto da Boa Vista tendo como uma das melhores vistas a Pedra do Baú. O lugar é administrado pela mesma empresa do Surya-Pan (hotel ao lado do Castelo).
Faz parte da decoração quadros, carpetes, armaduras, brasões, livros, fugindo dos padrões comuns.
Os quartos são grandes, nada de luxo, porém tudo bem arrumado e conservado, e ainda tem lençol térmico nas camas. O café da manhã é ótimo, com vários pães, sucos, bolos.

Pedra do Baú
Com altitude de 1.950 metros o Complexo do Baú é uma enorme formação rochosa que compõe um dos principais cartões postais de Campos do Jordão. Localizada na cidade de São Bento do Sapucaí, o melhor acesso se dá por Campos, onde milhares de turistas seguem para conhecer esta maravilhosa atração turística.
O complexo é formado por três rochas: a Pedra do Baú, a maior e mais alta pedra com 1.950 metros de altitude; o Bauzinho com 1.760 metros; e a Ana Chata com 1.670 metros de altitude. Estas duas últimas localizadas ao redor da principal. Recomenda-se que este passeio à pedra maior do Baú seja conduzida por guias capacitados, que conhecem bem as trilhas e as escadas que levam ao cume. Fotografamos apenas de longe.

Campos do Jordao - Pedra d Bau

Ducha de Prata
É formada por várias duchas artificiais que vislumbram os visitantes, nesta canalização desembocam águas vindas do represamento do Ribeirão das Perdizes. Em meio à natureza exuberante da serra, as águas da Ducha deliciam os visitantes que podem utilizar plataformas de madeira para tomar banhos frios e saudáveis.
Local ideal para tirar fotos em meio às pedras e trilhas, ou simplesmente relaxar escutando o som das águas e dos pássaros. Além das quedas d’água você encontrará ainda barraquinhas com produtos artesanais e souvenirs.

Pico do Itapeva
Um dos maiores picos do Brasil está localizado no território da cidade de Pindamonhangaba, mas seu único acesso acontece pela estrada de asfalto que sai de Campos do Jordão, tornando-se assim uma atração turística da cidade.
Um lindo e tranquilo lago dá boas vindas aos visitantes que chegam, montando uma linda paisagem junto às árvores ao redor da margem.
Uma das vistas mais privilegiadas da Serra da Mantiqueira podem ser apreciadas do Pico do Itapeva, com 2.030 m de altitude, mas, infelizmente o dia que fomos, estava com muitas nuvens.

Museu Felícia Leirner
O museu a céu aberto divide espaço com o Auditório Cláudio Santoro, o principal palco do Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão. O espaço reúne cerca de 90 peças esculpidas em bronze, granito e cimento branco.

Morro do Elefante e Teleférico
É um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. Seu curioso nome tem origem na formação da montanha, que de longe se assemelha ao contorno de um elefante.
O cume do Morro do Elefante alcança a altitude de 1.800 metros acima do nível do mar, promovendo uma inesquecível visão panorâmica da cidade.
O acesso ao ponto turístico pode ser feito de duas formas: pela estrada ou pelo teleférico. No dia em que fomos, o teleférico não estava funcionando, portanto, subimos de carro pela estrada.

Trem turístico
A ferrovia que até a década de 70 era uma das formas de chegar a Campos do Jordão, começou a ceder espaço para as rodovias, porém ganharia uma nova e charmosa função: atração turística, que anualmente leva milhares de pessoas a 4 passeios distintos, sendo Turístico (Estação Emílio Ribas – Estação São Cristovão), 8 km; Maria Fumaça (Estação Emílio Ribas – Abernéssia), 4km; Campos do Jordão – Santo Antônio do Pinhal (Estação Emílio Ribas – Estação Eugênio Lèfreve), 19 km; e, Pindamonhangaba – Campos do Jordão (Estação Central – Estação Emílio Ribas), 47km.  Cada passagem custou R$ 11 para o turístico.

Palácio Boa Vista
Construído para servir como casa de veraneio do Governador do Estado, é aberto para visitação em determinadas épocas do ano. A construção do Palácio Boa Vista teve início em 1938, mas só foi concluída em 1964. Três anos depois, o então Governador do Estado de São Paulo, Abreu Sodré, resolveu abrir as portas do palácio para o público, dando maior utilidade à residência oficial de “veraneio” do governo do Estado. No dia 12 de abril de 1970, o Governador Abreu Sodré em cerimônia solene, declarou o Palácio Boa Vista como Monumento Público do Estado de São Paulo e abriu suas portas para a visitação, nos moldes dos castelos e palácios europeus.
O Palácio Boa Vista tem 105 cômodos e foi decorado no estilo inglês Maria Tudor. Possui um rico mobiliário dos séculos XVII e XVIII, antiguidades, obras de artistas contemporâneos, esculturas, peças decorativas, objetos religiosos, cristais e porcelanas de grande valor artístico.
Não foi possível fazer a visita, pois abre de quarta a domingo das 10h às 12h e das 14h às 17h.

Vista Chinesa (Belvedere)
Ponto de passagem obrigatório em Campos do Jordão, a Vista Chinesa é o primeiro ponto turístico avistado antes de chegar na cidade. Localizado na SP 123 pouco antes do portal, o local oferece uma linda vista do Vale do Lageado, podendo apreciar a serra, onde é possível ver o horizonte se encontrar com as montanhas em meio ao vale repleto de verde.

Campos do Jordao - Vista Chinesa

Chocolate Araucária
Seguindo as tradições de chocolaterias artesanais, surgiu em 1991, a fábrica de Chocolate Araucária.
A fábrica possui uma loja e show-room, e está sempre aberta à visitação do público, onde pode ser observado todo o processo através de uma parede de vidro, onde os visitantes podem ver como são feitos estes tradicionais chocolates, acompanhando alguns processos artesanais de dar água na boca.
Na loja você poderá apreciar as diversas opções do menu à base de cacau e também tortas doces ou salgadas e cafés diversos, bolos e sorvetes.

Pastelão do Maluf
O ambiente é pequeno e descontraído, com fotos dos artistas que já passaram por ali e com mesas pequenas, próximas umas das outras, que permitem a interação entre todos. Pedimos um pastel de pizza, R$ 15.

Safári Café
Com decoração temática em seus ambientes, tanto para quem quer um lugar um pouco mais aconchegante do lado de dentro ou quem quer observar a agitação da rua nas mesinhas da calçada. Pedimos uma sequência de fondue (carne, queijo e chocolate), todos com bons acompanhamentos, e um vinho, resultando no valor de R$ 154,69.

La Gália
No La Gália você pode desfrutar de um romântico jantar à luz de velas ou reunir-se e festejar com os amigos no agradável ambiente externo, equipado com sistema de aquecimento europeu. E para completar a alegria, ouça ao vivo, às sextas e sábados o melhor da música brasileira e internacional.
Pioneiro nas carnes exóticas nos cardápios da cidade, destaque para o javali assado a Obelix, avestruz, coelho, faisão, , grelhados especiais de gado Aberdin Angus (bife de chorizo, ancho e prime rib, cordeiro assado e carre grelhado), além de fondues e peixes.
Pedimos truta à Gália (recheada com salmão e molho branco, acompanha arroz branco e batatas), por R$ 56, e prime rib (filé de costela acompanhado por arroz primavera e palmito), por R$ 68. Para sobremesa: profiteroles com calda de chocolate e sorvete de creme, R$ 18,50.

Cervejaria Baden Baden
Está aberta para visitação, porém é preciso fazer a sua reserva antecipada. Lá você conhecerá todos os processos de fabricação desta “paixão nacional”. Não fizemos a visita como queríamos, apenas jantamos na choperia.
Nos últimos 8 anos a Baden Baden Choperia foi premiada pelas edições especiais da Veja SP em 4 categorias. É um ótimo lugar para se reunir no Capivari com os amigos, encontrar gente bonita, saborear os excelentes pratos alemães e tomar o chopp produzido em Campos do Jordão pela Cervejaria Baden Baden, já conhecida como uma das melhores cervejarias artesanais do mundo. Vale a pena pela tradição, pela cerveja e pela culinária alemã.
Pedimos linguiça calabresa de metro recheada com queijo na chapa (acompanha cesta de baguetes), cerveja, caipirinha de saque com morangos e apfelstrudel de sobremesa. Gastamos R$ 127,60.

Churrasco ao Vivo
Fundada há 25 anos em Florianópolis (SC), a rede comemora o sucesso das filiais em Campos do Jordão e Santo Antônio do Pinhal, que ocupam pela quarta vez o topo da categoria na região da montanha. Duas parrillas com grelhas móveis e hastes em formato de V assam os cortes de carne provenientes da Argentina e do Uruguai. Todos eles são preparados à vista dos clientes – daí o nome do lugar. Para acompanhar, o cardápio lista cervejas em garrafa de 970 mililitros, a exemplo da Quilmes e da Norteña, além de vinhos trazidos da terra do proprietário.
O ambiente é amplo, leve e arejado, os atendentes são alegres e prestativos, música ao vivo é animada. Para o almoço pedimos leitão ao fogo de chão (acompanha arroz, farofa e molo chimichurri), R$ 81,90, e de sobremesa, panqueca de morango flambado com sorvete, R$ 22,90.