Lisboa – Chegada e Hotel

Nossa primeira viagem ao Velho Continente começou no dia 11 de dezembro de 2014 às 16h no Aeroporto Internacional de Guarulhos. Ali pegamos o voo com destino a Lisboa, fazendo escala em Madrid, ou seja, passaríamos cerca de 11h dentro do avião até a primeira parada.

Na verdade, nossa viagem começou com os planejamentos no início do ano. A escolha dos destinos não foi nada fácil, mas optamos por fechar o pacote Europa Cultural da CVC pelo valor promocional para a data, pelos lugares que passaríamos e tempo de viagem. O pacote, sem aéreo, US$ 3.636 por pessoa, incluía transfers, hotéis, algumas refeições, alguns passeios por 9 países (Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Bélgica, Países Baixos, Alemanha, Suíça, Itália), além de Principado de Mônaco e Vaticano, e guia em português durante 28 dias.

Depois de 2h e pouco de voo, passaram servindo o jantar. Pegamos uma opção de cada, para saber como era. Eu pedi suco de laranja e optei pela massa, que veio macarrão com molho vermelho. O Rafa pediu vinho e carne, que veio com arroz, cenoura e abobrinha. Ambos acompanhavam salada de maionese com tomate, pão e um bolo de sobremesa.
Nosso voo foi pela AirEuropa. Sobre o conforto?? Na minha opinião, o mesmo que dos outros aviões: nenhum. Todos os assentos possuem telas para assistir filmes, ouvir músicas ou simplesmente ver a rota.

Uma hora antes de pousarmos é servido o café da manhã: croissant com manteiga, muffin e bebida.
Assim como previsto, chegamos em Madrid por volta das 7h (horário de Madrid) e seguiríamos para Lisboa no voo marcado para às 10:30h.
Teríamos pouco mais de 2h no aeroporto, então depois de andar um pouco, paramos para tomar outro café. Paramos na Santagloria, pedimos suco de laranja, cappuccino, croissant.
O que não esperávamos era um atraso no voo. Partimos só as 12:30h. Chegando em Lisboa, por volta das 13h (horário de Lisboa), já avistamos uma pessoa da CVC, que nos pediu para aguardar até que todos chegassem. Para nosso surpresa eram todos brasileiros!! Todos ali e seguimos de ônibus para o hotel Sana Metropolitan.

Hotel Sana Metropolitan
Chegamos no hotel Sana Metropolitan, onde ficamos hospedados por duas noites. O hotel não fica no Centro, mas há um ponto de táxi em frente e estação de metrô bem próxima.
Já haviam nos informado de que os hotéis 4 ou 5 estrelas da Europa não são como os do Brasil, em conforto, café da manhã e atendimento, porém não tivemos problemas com nenhum dos hotéis.
Nosso quarto era confortável e espaçoso, porém, com camas de solteiro. Assim como em Santiago, o chuveiro fica dentro da banheira.
Sobre o café da manhã, nada a reclamar, lugar amplo para a quantidade de pessoas e várias opções de pães, doces, iogurtes e sucos.

No início de 2016, fizemos nossa segunda viagem à Europa e a segunda parada foi em Lisboa. Escolhemos também fechar pacote da Europamundo que passaria por Budapeste, Áustria e Praga, mas acrescentamos alguns dias na ida com parada em Portugal e Espanha. Assim, pegamos o trem em Porto (estação Campanhã) para Lisboa (estação Oriente). Os bilhetes foram comprados pela internet antes mesmo de viajarmos, € 18 por pessoa. Nele consta a origem e destino da viagem, data e horário, nome e número do passaporte, número do bilhete e valor, bem como o comboio, carruagem e lugar. Essas três últimas informações estarão também na plataforma e no trem, ficando fácil achar seu lugar.

Hotel HF Fênix Garden
Dessa vez optamos por outro hotel, localizado no Centro de Lisboa, na Praça do Marquês de Pombal e com vista para o Parque Eduardo VII, além de estações de metrô e pontos de táxis perto. Fechamos direto por € 237 por três noites.
O hotel é super clean, cores vivas e móveis modernos. O quarto em si não é muito grande, mas, fora a varanda, tem um tamanho ideal, e a cama era de casal. O banheiro era com box, pequeno, mas bem arrumado e novo.
A área do café da manhã é grande, espaçosa e bem iluminada. Há diversos frios, pães e doces.