Socorro/ SP

Está localizada a 130 km de São Paulo e é um dos 19 municípios paulistas considerados hidrominerais.

Resolvemos passar um final de semana no Hotel Fazenda Parque dos Sonhos (www.parquedossonhos.com.br) depois de ver que estava em promoção no site de compras coletivas, Peixe Urbano, onde incluía 2 diárias, pensão completa e todas as atividades do parque por R$ 746,10.
Todo o hotel é adaptado para pessoas com deficiência, portanto, os ambientes são amplos, com barras de apoio, sinalizações e pessoas treinadas para ajudar. Nos quartos têm ar condicionado, microondas, frigobar e televisão.
Tanto o café da manhã, almoço, café da tarde e jantar são gostosos, com várias opções.
Para agendamento das atividades, há um quiosque com monitores informando o horário e local das mesmas.

No sábado pela manhã começamos pelas tirolesas, as maiores são a voadora (deitada) e a do pânico (sentada), ambas com 1km de extensão. Esta última faz ligação com 2 outras tirolesas menores.
Após as tirolesas, fizemos bóia-cross, pois, devido a quantidade de água no rio, não teve rafting. Ambos são realizados no Rio Cachoeirinha num percurso de 1.300m. Há um rápido treinamento sobre como deve ser realizado e três monitores acompanham os participantes.
No fim da tarde, participamos do espeleoturismo, onde exploramos cavernas, grutas, pedras que formam abrigos e travessia de rio. Essa atividade tem duração de aproximadamente 1h e 150m. Infelizmente não temos fotos dessa atividade.  À noite, decidimos não jantar no hotel e ir até o Centro da cidade. Lá escolhemos uma mesinha na calçada do Jota Bar (www.jotabarsocorro.com.br), pedimos uma cerveja da região e uma porção de carpaccio com molho azeite e alcaparras. Totalizando R$ 38,39. Optamos por jantar no Lubëck Bar, e voltamos ao Jota Bar para a sobremesa: wrap doce de queijo, morangos e chocolate que acompanha sorvete de creme, por R$ 14,90.

No domingo, além das tirolesas, fizemos arvorismo e também conhecemos mais o hotel. O arvorismo é composto de 12 desafios em 800m, suportando até duas pessoas no patamar e uma por vez em cada obstáculo. No final, pode descer por rapel ou trilha. O rapel tem cerca de 50m de altura. Após o almoço, aproveitamos as outras atividades que o hotel oferece.